Level 8 Level 10
Level 9

Datas-9


10 words 0 ignored

Ready to learn       Ready to review

Ignore words

Check the boxes below to ignore/unignore words, then click save at the bottom. Ignored words will never appear in any learning session.

All None

Ignore?
1777
Assinado o TRATADO DE SANTO ILDEFONSO entre Portugal e Espanha sobre os limites do Brasil (1° out.). O Tratado mantém em linhas gerais as fronteiras acordadas pelo Tratado de Madri no norte, mas no Sul, onde os espanhóis gozavam de posição militar superior, além da cessão da Colônia do Sacramento, os Sete Povos das Missões também retornam à soberania espanhola em troca da devolução da Ilha de Santa Catarina a Portugal.
1815
Constituída, em Paris, a QUÁDRUPLA ALIANÇA entre Grã-Bretanha, Áustria, Prússia e Rússia (GB-AUS-RUS-PRU) (20 nov.). As potências européias também declaram reconhecer e garantir a NEUTRALIDADE PERPÉTUA DA SUIÇA e a inviolabilidade de seu território.
1857
Aprovada a TARIFA SOUSA FRANCO, que substitui a Tarifa Alves Branco de 1844 e reduz as taxas alfandegárias para algumas categorias de produtos importados pelo Brasil (28 mar.). Em seguida, o ministro da Fazenda João Maurício Wanderley, futuro barão de Cotegipe, ajusta a Tarifa a fim de proteger a agricultura (26 ago.).
1860
Por pressões do comércio importador, controlado pelos britânicos, a TARIFA SILVA FERRAZ reduz as taxas para a importação de ferragens, armas, ferramentas e máquinas, incluindo navios (3 set.). A nova tarifa irá prejudicar as atividades da empresa de fundição e do estaleiro de Mauá em Ponta da Areia, Niterói.
1902
INTERVENÇÃO NAVAL CONTRA A VENEZUELA da Alemanha, Grã-Bretanha e Itália para exigir o pagamento de dívidas (20 dez.). A intervenção, caso típico de “diplomacia das canhoneiras”, é criticada pelo chanceler argentino, Luiz Maria Drago, que condena e declara ilegal o uso da força armada a pretexto de cobrança pecuniária (DOUTRINA DRAGO). O Brasil não endossa a tese argentina, compartindo, neste caso, posição similar à dos EUA.
1936
Concluído por troca de notas, em Berlim, MODUS VIVENDI COMERCIAL ENTRE BRASIL E ALEMANHA (6 jun.), com base em esquema de pagamento mediante COMPENSAÇÃO DE MARCOS (ASKI-mark). As exportações de algodão brasileiro para o III Reich irão registrar grande aumento e, em contrapartida, a Alemanha irá superar os EUA como o maior fornecedor das importações brasileiras. O Brasil permanecerá, até 1941, em posição de “EQUIDISTÂNCIA PRAGMÁTICA” entre a Alemanha e os EUA.
1951
A criação da COMUNIDADE EUROPEIA DO CARVÃO E DO AÇO (CECA), COM BASE NO MEMORANDO MONET E NO PLANO SCHUMAN, lança o processo de integração na Europa Ocidental a partir do eixo Paris-Bonn (18 abr.).
1975
O BRASIL VOTA NA ONU A FAVOR DE RESOLUÇÃO, proposta pelos países árabes, que considera o SIONISMO COMO FORMA DE DISCRIMINAÇÃO RACIAL (10 nov.). O governo norte-americano manifesta desaprovação ao voto brasileiro. Em outras resoluções, o Brasil apóia os direitos do povo palestino à autodeterminação e à soberania, bem como vota a favor da CONDENAÇÃO DO APARTHEID do governo branco na África do Sul (15 nov.).
1986
Chanceleres de oito países da América Latina (Argentina, Brasil, Colômbia, México, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela), que integram o Grupo de Contadora e o Grupo de Apoio, decidem criar, no Rio de Janeiro, um MECANISMO PERMANENTE DE CONSULTA E CONCERTAÇÃO POLÍTICA, que passa a ser conhecido como GRUPO DO RIO (18 dez.).
1992
O BRASIL ADERE AOS PACTOS DE DIREITOS HUMANOS DA ONU, o Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos e o Pacto Internacional de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (24 jan.).